HomeFilmesComo WandaVision e as outras séries do Disney+ podem influenciar o MCU?

Como WandaVision e as outras séries do Disney+ podem influenciar o MCU?

-

Após um sucesso arrebatador de crítica e público, WandaVision e Falcão e o Soldado Invernal abriram caminho para as novas séries da Marvel produzidas diretamente para o Disney+. Mas como será que essas séries podem influenciar o universo compartilhado dos cinemas e quais as consequências de suas histórias dentro do MCU?

Vamos voltar um pouco no tempo e relembrar o fim da fase 3 da Marvel, com Vingadores: Ultimato. Apesar de ser um fechamento do arco que começou lá em 2008, o filme deixou algumas pontas soltas que ainda precisavam ser resolvidas. Como por exemplo, o período depois do Blip, a passagem de escudo pro novo Capitão América e uma versão alternativa do Loki fugindo no primeiro filme dos Vingadores.

Essas questões deixadas em aberto parecem ser o foco narrativo das novas séries do Disney+. Além de desenvolver melhor personagens considerados “lado B” da Marvel, as séries também exploram melhor certos temas que ficaram meio ambíguos no cinema.

Em WandaVision por exemplo, vemos o quão poderosa a Feiticeira Escalarte pode ser, algo que não ficou muito claro nos filmes. O desenvolvimento da personagem e de sua relação com o Visão foi o grande foco da série, que também abordou outros temas importantes como os efeitos do Blip na vida dos “civis” e também abriu caminho para as realidades paralelas, algo que será explorado em Doutor Estranho 2: Multiverso da Loucura.

Inclusive, nesse filme a Feiticeira Escarlate já está confirmada e terá um papel de destaque na trama. Com isso, tudo leva a crer que as séries do Disney+ não serão meros spin-offs dentro do MCU (cof, cof, Agents of S.H.I.E.L.D.), mas sim terão o seu grau de importância na continuidade do universo. Ou seja, se você quiser saber como a Wanda virou uma “vilã” ou por quê o Visão está usando branco agora, terá que assistir a série pra entender.

Falcão e o Soldado Invernal seguirá provavelmente o mesmo caminho, mostrando a trajetória de Sam para se tornar o novo Capitão América. Provavelmente nos próximos filmes não veremos mais ele como Falcão, mas sim o herói já trajado como “Sentinela da Liberdade”. E ai que entra a série, que dá um background maior pra história e mostra como foi esse processo e quais obstáculos o personagem teve que superar para assumir o manto do herói.

Já a série do Loki é uma incógnita pois ela teoricamente se passa numa realidade paralela ao MCU, onde o personagem conseguiu fugir dos Vingadores com a ajuda do Tesseract. Por conta disso, o vilão será capturado por uma organização misteriosa que cuida de variações do tempo. A trama é meio isolada do MCU e pode seguir seu próprio caminho, com mais temporadas além dessa primeira. Mas nada impede que Loki apareça no universo dos heróis mais pra frente, já que ainda faz parte dele…

E você, o que acha das novas séries da Marvel? Eu particularmente estou achando muito maneiro essa nova forma de expandir o universo e espero ainda mais iterações entre esses personagens com menos holofotes, como o Agente Woo, as Dora Milaje e o Barão Zemo, dentro das séries.

- Publicidade -
- Publicidade -

REVIEWS

- Publicidade -

LISTAS

- Publicidade -

EVENTOS

- Publicidade -